Rhodes

RHODES (sem colosso).
Colosso de Rhodes
– uma das 7 Maravilhas do Mundo Antigo.image002
O Porto de Mandraki é o local onde teria sido erguido o Colosso de Rhodes em homenagem ao deus do Sol Hélios protetor da população. Segundo consta foi erguido entre 294 a 280 a.C. para comemoras a vitória dos gregos contra os macedônios que tentaram invadir a ilha, o material de guerra deixado pelos macedônios foi vendido para custear a obra. A estátua teria 70 toneladas de ferro e bronze, cerca de 30 metros de altura, sua mão direita havia uma tocha para orientar as embarcações durante a noite, ruiu em 225 a.C. sob o efeito de um tremor de terra, permanecendo os escombros no local até 654 d.C., quando os árabes invadiram a ilha e venderam o que havia em sobrado como sucata. No porto estão fixadas duas colunas na provável posição que estaria o Colosso, as estátuas de cervos (macho e fêmea) sobre os pilares simbolizam os cervos que foram trazidos para a ilha para acabarem com as cobras que havia em Rhodes.
Diário de bordo – há controvérsias sobre sua localização alguns estudiosos afirmam que ela ficava na região do porto para que as embarcações passassem sob suas pernas, estudos arqueológicos indicam que talvez estivesse dentro da ilha no alto de uma colina e como nada sobrou há quem diga que se trata de uma lenda e que a estátua nunca existiu. Mergulhadores nunca encontraram nenhum vestígio.

RHODES – Patrimônio Mundial da Humanidade pela UNESCO IMG_2365.JPG
A entrada principal é em frente ao Porto de Mandraki e alguns trechos são acessíveis por escadas, da Idade Media ainda restam na Cidade Velha – refúgio dos Cavaleiros de Malta – vestígios dos cruzados da Ordem dos Cavaleiros de São João e as muralhas medievais. Na cidade antiga estão algumas ruínas dos templos de Apolo e Artemisa.
Rhodes é a 4ª. maior ilha da Grécia, conhecida também como Ilha do Sol, capital de um arquipélago de mais ou menos 200 ilhas, banhada pelo Mar Egeu, está a 18km. da Turquia saindo por Fethiye.
Área: 1.408 km².
Comprimento máximo: 79,7 km.
Elevação: 1.216m..
População – 623.000 habitantes (2011).
Grupo de ilhas: Dodecaneso.

COMO CHEGAR
Partindo de Fethiye/Turquia em barco com 1h.30 de navegação dependendo da operadora, saída de hora em hora.
Partindo de Atenas em barco é bastante demorado, cerca de 16 a 18h., para este trajeto o mais indicado é um vôo chegando pelo Aeroporto Internacional Diágora, 14km. do centro de Rhodes.IMG_2278.JPG
Diário de Bordo – O serviço de auxilio ao turista está em uma guarita na saída do Porto, lá você pode pegar um mapa e obter alguma informação, mas seja rápido, como o fluxo é muito grande a atendente não vai ficar muito tempo dando explicações. Logo ao chegar e atravessando o portal você já está na área medieval. Como estávamos em Fethiye fizemos a travessia em barco.

QUANDO IR
Junho a Setembro melhores temperaturas e menos turistas. Entre Junho e Agosto alta temporada.
Organizando o roteiro.
Para quem pretende ficar poucos dias em Rhodes a sugestão é a cidade medieval (Kollakio e Chora ou Burgo), para quem tem mais tempo: costa oriental a Lindos e costa ocidental a Kamiros.

DENTRO DAS MURALHAS – CIDADE MEDIEVAL
Muralha de Rhodes – um dos maiores monumentos medievais da Europa.IMG_7873.JPG
Localização – em frente ao Porto de Mandraki.
Com 5km. de extensão e 12m. de espessura em alguns trechos e fosso duplo. Dentro das muralhas os Cavaleiros da Ordem de São João eram instalados de acordo com idioma e local de origem, ficavam em hospedarias diferenciadas. Os Albergues das Línguas, com placas que mantém seus nomes, por exemplo: Estalagem da Língua da Provença, Casa Espanhola e veja também o Hospital dos Cavaleiros e o Palácio dos Grandes Magistrados. Em um extremo da Muralha está o que restou da Torre de Naillac, que tinha 46m. de altura, era quadrada conforme as construções medievais, após dois abalos terrestres foi parcialmente demolida porque corria o risco de cair sobre os navios, pode-se ainda ver a ponte que conduzia a Torre.
Mesmo com tanta estrutura foram invadidos por Solimão o Magnífico e otomanos em 1522, os turcos alteraram parcialmente a arquitetura.
Atualmente a cidade está habitada por cerca de 6mil habitantes que vivem ou trabalham nos mesmos edifícios onde há séculos viveram os Cavaleiros da Ordem de São João. A cidade se divide em 2 áreas: Kollakio e Chora. Um muro interior separava as duas partes, a porta que permitia a comunicação entre as duas partes passa pela Rua Lachitos.

Porta do Arsenal
Acesso à partir do Porto de Mandraki é o local de entrada dos turistas.

Templo de Afrodite (deusa do amor e da beleza)
Localização – Praça Symi, perto do Portão Eleftheria cidade velha
Ruínas do século III a.C.
Diário de Bordo – São apenas blocos de pedras, não é possível circular entre eles, estão guardados por uma cerca e sua visita via durar 10’.IMG_2356

Fonte Sidrivani

Albergue da Língua Auvergne.
Localização – Atrás do Templo de Afrodite.
Construído em 1507. Os moradores deste albergue defendiam desde o Bastião São Jorge até a Torre de Espanha.

Porta de Nafstatmos.
Localização – a esquerda do Albergue da Língua Auvergne.
Dá acesso ao porto comercial.

Praça Argyrokastro.
Praça pequena, observe a fonte de mármore.

IMG_2328

Museu Arqueológico de RodesHospital dos Cavaleiros.
Localização Praça Megalou Alexandrou.
Um dos mais antigos edifícios de Kastro começou a ser construído em 1440 pelo Grão-Mestre Lastic e terminado em 1484 pelo Grão-mestre D`Aubusson. Aqui eram cuidados os peregrinos que se dirigiam à Terra Santa e precisavam de cuidados e mais tarde serviu aos Cruzados. Praça do Museu com um pátio que ainda expõem um leão de mármore. Não sofreu grandes alterações mantém muita coisa original.
Diário de Bordo – o local é muito bem cuidado e dá para observar como eram tratadas as pessoas que aqui ficavam. Muitos turistas
circulando.

Igreja Panagia de Kastro 
Localização – acesso por um arco depois do Instituto Histórico Arqueológico.
Construída no século XII.
IMG_2358
Rua dos Cavaleiros – Rua Ippoton
É a mais medieval e bem conservada rua da Europa por manter seu traçado original, nela estão alguns Albergues separados por Línguas.62b.jpg

Albergue dos Ingleses.
Localização – Praça do Museu.

Albergue da Língua Italiana.
Localização – em frente ao hospital e ao seu lado o que podemos considerar um pequeno palácio uma fachada com escudos dos Grão-Mestres franceses Aimerie d´Amboise e de Villiers de l´Isle Adam.

Albergue da Língua Francesa 62b-001
Está depois da passagem por um portão de ferro que guarda um jardim e fonte, sem dúvida o mais bonito Albergue e também pode ser vista na fachada a estátua gótica da Virgem com Jesus menino

Albergue da Língua Espanhola.
Localização – a esquerda do Albergue da Língua Francesa.
Aqui terminam os mais importantes albergues encerrando a rua com uma galeria construída na primeira metade do século XV que comunicava o Palácio dos Grão-Mestres com a Igreja de S. João, era a Catedral da Ordem, construída na primeira metade do século XIV.
IMG_2308
Albergue da Língua de Provence
Localização – Rua dos Cavaleiros, em frente o albergue da Língua Espanhola.
De acordo com os brasões e a inscrição em latim, acima da entrada, data de 1.518. Sofreu várias reformas e atualmente abriga as atividades do Clube Liceu de Mulherees Gregas e habitação de várias famílias.

 

Palácio do Grão-Mestre dos Cruzados ou
Palácio do Grão-Mestre dos Cavaleiros de Rhodes 62b-002

Localização – Rua Ipoton, subindo pela Rua Socratours.
Foi construído sobre uma antiga Acrópole, está em frente da igreja de S. João, uma fortaleza sede dos 19 Grão-Mestres, no primeiro piso ao redor do pátio estão as antigas habitações com influência bizantina que atualmente alberga um museu. No palácio podem ser vistos o alojamentos dos cavaleiros.

Rua Orfeos.
Rua tranqüila com plátanos e reduto de artistas, logo após o palácio e à direita da Praça Kleóvulo, saindo pela orta de S. António e girando à esquerda a Porta de d´Amboise.

IMG_2347

 


Omirou Street 

Rua tradicional e tranqüila dentro da cidade medieval amuralhada.

Torre do Relógio
Localização – centro da cidade medieval
Arquitetura bizantina do século VI, vista para o conjunto de casarios, porto e fortaleza.
Diário de Bordo – o valor para o acesso ao alto da torre é de 5 euros e dá direito a um drink.62a

                                                                                                                      Fonte de Água potável
CHORA.
Início da Rua Sokratous e o Bazar.
Na parte sul está Chora que no tempo dos Cavaleiros chamava-se Burgo, aqui viviam e trabalhavam gregos e homens de várias nacionalidades. As atividades econômicas muito importantes naquele período se concentravam no mercado, ele atravessava as Ruas Apolonion e Socratous indo além até Thalassini Pili (Porta Marítima).

Mesquita de Suleimán – câmera 7845IMG_7845
Foi a primeira mesquita a ser construída em Rhodes, por ordem do sultão Suleiman II, logo após os turcos conquistarem a ilha em 1522 e reconstruída em 1808. Se destacam os minaretes vermelhos mesmo a distância. Ao lado da Torre do Relógio.
Diário de Bordo visita interna não autorizada.

IMG_7862Mesquita de Ibrahím Pasha 
Localização – Bairro Turco
Na rua Ippodamou está o bairro que ainda mantém vivo o ambiente medieval com lojas que lembram o Bazaar, praças com chafarizes e igrejas que foram transformadas em mesquitas acrescidas de minaretes.

Panágia Choras (Santa Maria Du Bourg) IMG_2283Localização – Continuando pela Rua Aristotelous
Igreja em estilo gótico suas ruínas estão divididas, se encontram na parte direita e esquerda da rua.

Castellanía
Localização – Praça de Ipokratous (Hipócrates), com a fonte no centro
O edifício Castellania foi construído em 1597 e serviu como centro comercial, no piso térreo e no piso superior funcionava o tribunal que discutia as desavenças comerciais.
Diário de Bordo – observe a interessante escadaria exterior. A Praça Ippocratous onde está a Fonte Castellania é bem movimentada com lojas de souvenir, bares e restaurantes.

Igreja S. Giórgios.
Banhos de Mustafá
Mesquita de Murat Reis – séc. XVI.
Biblioteca Muçulmana de Hafiz Ahmet Aga – séc. XVIII

FORA DAS MURALHAS

Moinhos de Vento de Rhodes.
Localização – Entre o Porto de onde saem os cruzeiros e o Porto de onde saem os barcos de pescadores e veleiros.
Os moinhos estão desativados, mas é uma atração turística para fotos.IMG_7876

Forte de São Nicholas
Localização – ponta da Muralha.IMG_2377
Construído pela Ordem dos Cavaleiros de São João entre 1464 a 1467, era apenas uma torre que foi transformada em forte de proteção para a entrada da cidade. Uma imagem que impressiona logo que o barco vem se aproximando de Rhodes.62b

                                                                                                Nea Agora IMG_7879.JPG

e Mandraki (mercado).
Localização – 185, Nea agora 1, Porto de Mandraki, 185.
Edifício em formato poligonal no estilo oriental árabe, várias lojinhas na sua parte externa, no seu interior se repetem as lojas de souvenires, cafeterias e lanchonetes. Está sempre cheio de turistas.
Diário de Bordo – não recomendo visitar a noite, são vários pontos carentes de luz. A quantidade de gatos que circulam por ali é enorme.

Ekklesia Evagelismos – Igreja dos Evangelismos.
Localização – ao lado do Porto de Mandraki.
Igreja ortodoxa em arquitetura gótica grega, construída em 1925 durante a ocupação italiana.
A decoração foi esculpida em pedras encontradas na região, a mesma usada na cidade medieval e edifícios da área moderna de Rhodes.
Diário de Bordo – não se limite a fotos do exterior, em seu interior estão murais bizantinos de Fotis Kontoglou

Praia Elli Beach
No centro da cidade, mas não tem o padrão de beleza das praias da Grécia.

Faliraki Beach – celular 2472
Com 5km. de extensão, está a 16km. ao sul de Rhodes, é a mais popular e com mais estrutura de guarda sois, cadeiras, chuveiros e banheiros (tudo pago à parte). Área com hotelaria.IMG_2472

Anthony Quinn’s Bay.
Uma pequena praia que segundo a população local, foi presenteada a Anthony Quinn pelas autoridades gregas ao ator, quando ele protagonizou “Zorba o Grego” em 1964, mas dizem também que ele nunca tomou posse do seu pedaço de terra.

Lindos (Λίνδος) St. Pauls Bay 
Localização – 50km. de Rhodes
Sítio arqueológico com vista para o mar, uma acrópole do século 300 a.C. com o templo dórico de Atena Lindia. A fortificação fica no alto de uma colina, parte do trajeto é feita de carro e o último trecho caminhando ou no lombo de burricos que transportam turistas colina acima para apreciar a acrópole, e a vista de 360graus.

ONDE FICAR EM RODES.
Dentro das muralhas a hospedagem é mais cara, mas vale a pena passar pelo menos uma noite para vivenciar o clima local.
Elpida Beach Studios. IMG_2471
Localização – praia de Faliraki.
Quartos climatizados, banheiro privativo, prédio novo, piscina, wifi, recepção, lanchonete, estacionamento. Apesar de estar na praia não oferece cadeiras ou guarda sol, esses devem ser alugados, gratuidade apenas na área da piscina. Esta em ares residencial com alguns restaurantes e pequenos mercados no entorno. Distante cerca de 12km. da cidade medieval. Não muito longe tem ponto de ônibus, mas não passa com muita freqüência.

Martin Apartaments350m. do centro, 600m.
Panorama Hotel Apartaments12’ a pé da praia, 1.5km. do centro.
Parthenon City100m. da praia

ONDE COMER EM RHODES.IMG_2300As refeições mais baratas estão fora da área medieval, na parte nova com variedade de mercados, restaurantes, bares e fast food do churrasco grego (chamado por lá de cyros), como, por exemplo, na Praça Rimini. Os recheios são diversos. O feito com carnes de frango e de porco.

Old Town – Greek food – Grill House.
Não deixe de experimentar os sorvetes da ilha, além de deliciosos são apresentados em esculturas que são uma obra de arte.

SXDT1151
Oasis Restaurante – Sophia balaska
LocalizaçãoDorieos Square, 12
Restaurante, lanchonete e pizzaria em local agradável com mesas sob as árvores, cerveja gelada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s