Antigua, Lanquín (Semuc Champey)

GUATEMALA

Nome – Guatemala
Capital – Cidade da Guatemala
Visto – brasileiros não necessitam visto até 90 dias, obrigatório o passaporte válido por no mínimo 6 meses.
Vacinação – febre amarela não é obrigatória, mas é conveniente.
Idioma oficial – espanhol e idiomas nativos
Hora local – -3h.
Área – 112.088km2.
População – 15,47 milhões (2013).               
Moeda –  QUETZAL – 1U$ = 8 quetzal aproximadamente, dependendo do local.
Veja álbum de fotos no final do relato.

                                                           DIÁRIO DE BORDO
O norte da Guatemala foi a última etapa da viagem que fizemos em 3 mulheres: Panamá, Costa Rica, Nicarágua, Honduras e finalmente Guatemala, por já ter visitado antes este país fiz apenas Lanquín para conhecer a fantástica Semuc Champey e voltar a charmosa Antigua, antes de retornar ao Brasil. No final do relato estão alguns locais em que estive em minha primeira visita, mas que por serem interessantes inclui neste Diário.

             Como chegar a Guatemala via Honduras

            Ruínas de Copan em Honduras x Lanquín na Guatemala = 330km.

Fizemos o trajeto saindo da cidade de Copán Ruínas (nos hospedamos no Hotel Acrópolis Maya), mas negociamos um pacote de viagem no Hotel & Hostal Berakah, um bom atendimento. Certifique-se do seguinte: o responsável pelo pacote no Berakah atende e se responsabiliza pelo turista até o Restaurante Sarita e a partir daí é outra empresa que entra com o turista na Guatemala, no trajeto dentro de Honduras não tivemos problemas, no entanto, a empresa responsável pelo shuttle na Guatemala já veio com a van lotada e para nós restavam apenas bancos adaptados, encosto quebrado. Um caos, passamos por momentos difíceis.

 

domingo
Saímos de Ruínas de Copan às 12h.30PM, para fazer o almoço no Restaurante Sarita em San Agustín Acasaguastlán, El Progreso .
 
 
 
Ruínas de Copán x Restaurante Sarita El Rancho = 142km.
Na saída de Honduras há pagamento de taxa.
 
Taxa de fronteira U$2
 
 
Depois da fronteira uma parada.
1 refrigerante + 1 banana = U$3  / Sorvete = U$1
 
O agenciador nos orientou para almoçarmos com tranqüilidade no Sarita porque o transfer sempre atrasava.
Restaurante Sarita El Rancho
Almoço: frango (Q$75,95) + suco de Rosa da Jamaica (Q$17,50) =  93,45 Q$ = U$11,69
 
Km. 85. Carretera Al Atlantico, El Rancho, San Augustin Acasaguastlan, El Progresso

Chegando ao restaurante pedi peito de frango com pasta, pimentão e molho branco.

Horrível! Já eram 4h.30PM e não tínhamos almoçado, assim que começamos a comer chegou o motorista da van completamente desnorteado dizendo que estávamos atrasadas, a van não poderia esperar mais, então deixamos nosso almoço e corremos para a van que já estava lotada e logicamente os piores lugares eram os nossos, bancos adaptados no corredor da van fizeram a viagem ser extremamente incômoda, junto conosco estavam alguns americanos e por mais que solicitássemos que eles fizessem um rodízio de lugares eles se faziam de desentendidos. Após apenas 2km. de distância do Restaurante Sarita o motorista parou para lanche, ficamos sem entender, tanta pressa para sair do Sarita onde todos poderiam lanchar e parar em um restaurante inferior a uma distância tão pequena. Estávamos muito desconfortáveis, não consegui comer nada, apenas comprei água.
                                                  5,50 Q$  + –  U$0,69.
Por sorte, de repente deu uma crise de gentileza e um deles trocou de lugar comigo. Na próxima parada a Sandra e Leila estavam sem condições de continuar, já era noite alta, muitas horas de viagem e aqueles bancos mais que desconfortáveis faziam a viagem ficar insuportável, não havia nenhum táxi para trocarmos de transporte, conversei com o motorista e ele disse que não podia fazer nada, tentei falar novamente com os gringos e nada, os rapazes principalmente se fizeram de desentendidos, mas duas moças meio a contragosto acabaram trocando. Viagem cansativa, noite, estrada ruim, a todo o momento aparecia uma placa escrito Cobán e nada de chegar. Finalmente Cobán, a van tomou uma estrada de terra, foram 11km. sem acostamento, curvas, poeira.

 LANQUÍN – UMA VILA NO MEIO DO NADA.

LANQUÍN = povo rodeado de palha
População – 2.000 habitantes.
Fundação – 1540.
Área – 208km2.
Altitude – 380m.
img_2515
Em 1956 foi declarado Parque Nacional por suas belezas naturais, em 1970 Monumento Nacional e em 1997 Patrimônio Cultural da Nação Semuc Champey pertence a Lanquín.
A população descende do povo dos Mayas Q’eqchi que tem como princípio básico a preservação da fauna e flora e talvez por isso a população que não está ligada ao turismo não é muito acolhedora, não aprovam muito a interferência de estrangeiros no seu dia a dia.

Chegamos a Lanquin às 10h.PM, foram 10h.30 de viagem para percorrer 330km. Nosso transfer parou em uma palhoça coberta de sapê aonde alguns representantes das cabanas esperam os turistas. Mais um trecho de estrada de terra e chegamos as cabanas do hostal, quarto simples, 3 camas de solteiro, sem armários, banheiro privativo, tomadas para carregar bateria das câmeras, não tem wi-fi, boa higiene, varanda, o rio Cahabón é uma verdadeira piscina no quintal do hostal com cadeiras e bancos nas margens. O local tem mosquitos, mas os quartos são dotados de tela de proteção, não tivemos problemas.img_2507

 

Hostal Oasisimg_2491

quarto com banho privado – U$15 p/p
Lanquin – fone – 502 4091 7878
 O pessoal da recepção é tão alegre que todo o desconforto da viagem passou, a Sandra ficou no quarto, desci com a Leila para o bar, fomos relaxar com um drinque, havia música e um gringo muito descontraído pelos drinques dançava sozinho, foi muito divertido.  A equipe é prestativa, a comida é boa, o pagamento pode ser em quetzal ou dólar.
 
 

 
  
 
Restaurante Hostal Oasis
Piña colada 18 Q$ + Hamburguer 20Q$ = 38 Q$ + – U$5,50
Hambúrguer com uma cerveja de 20Q$ 
+ – U$2,50
 
 
 
 
 segunda
O café da manhã não está incluso, mas necessariamente ele vai ser adquirido ali, não tem nada perto para comprar gêneros alimentícios e nem cozinha disponível.
Restaurante Hostal Oasis
café da manhã continental 20 Q$ + iogurte com frutas 20Q$ = 40Q$ + – U$5,00
água pequena 5 Q$ + – U$0,63

Semuc Champey água sagrada, no dialeto maia ou onde o rio se esconde na montanha.


Lanquin X Semuc Champey = 12km.

Estando na Guatemala faça o possível e o impossível para ir até Semuc Champey, vale todo o esforço e dificuldade para chegar! Pode ser acessado quando da viagem a Tikal.

O passeio começa com uma camionete “gaiola” adaptada que passa pelas hospedagens recolhendo os turistas e levando até a entrada do parque.

Monumento Natural Semuc Champey

Traslado até o parque e ingresso com direito a guia. 25Q$ + – U$3,13

Semuc Champey é um parque natural, área de floresta tropical , cachoeiras e piscinas de pedra calcária. A atração de chegada é uma ponte de pedra calcária natural que se estende por 300 metros com vista para o rio Cahabón. O desembarque é feito em frente ao restaurante, para organização do grupo. O trajeto não é muito fácil, as trilhas são íngremes, o guia vai conduzindo o grupo e aos poucos aparecem subidas e descidas com vários pontos de observação das piscinas naturais. A trilha vai levando o visitante para o interior do parque, mas para chegar até as piscinas são 500 degraus feitos em madeira e pedra, um sobe desce sem fim, até completar todos os estágios. O tênis é indispensável, sandália nem pensar.

IMG_2567.JPGimg_2549
Na falta de uma barra de selfie, surge a criatividade do turista.

IMG_2561.JPG


No local de acesso às piscinas, não tem trocador de roupa, se pretende entrar na água o melhor é já ir com roupa de banho, aconselhável também é uma sapatilha de água, as pedras são muito lisas e escorregadias. Para passar de uma piscina para outra também é necessário ir sobre as pedras escorregadias. Optei por ficar na primeira “piscina”, estava confortável e queria aproveitar para olhar aquela maravilha toda. Leve água, caso tenha necessidade de repor há vários pontos onde pessoas vendem água, suco e chocolate caseiro em barra. Em uma das paradas consegui comprar até um pacote de cardamomo.

2 sucos + 1 água + 1 pacote de cardamomo = Q$36 + – U$4,50IMG_2569.JPG

Terminado o passeio fomos ao restaurante do parque para almoça. O cardápio já deve ser reservado antes da caminhada.

RESTAURANTE EL PORTAL DE CHAMPEY
Parque Ecológico El Portal de Champey
Prato vegetariano:
tortilla española, arroz, salada de repolho, cebola e cenoura = 40Q$ + – U$5  /   refrigerante 6Q$ + – U$0,75
Depois do almoço o próximo passeio era na caverna, todos teriam que ir com uma câmera pneumática porque alguns lugares são mais profundos, também era necessário levar uma vela, porque a caverna é escura. Perguntei se havia alguma inscrição para ser observada dentro da gruta e o guia disse que não, apenas um passeio. Hummm gruta com rio correndo dentro, escuro, bóia, vela!!! Preferi ficar descansando na rede esperando o grupo voltar (ao lado do restaurante funciona também hospedagem).
Como o grupo estava demorando muito eu e Leila resolvemos voltar antes, conseguimos uma “camionete gaiola” que estava voltando para a cidade e que nos cobrou Q$30 p/p (U$3,75), estava caro, logicamente o motorista estava se aproveitando da situação, entendemos que ele nos levaria ao hotel, mas passou o centro da cidade e nada, quando já estava saindo da cidade gritamos para parar e ele disse que não tinha combinado nada e o melhor era descermos ali porque ele iria para a zona rural, mais uma vez ficou claro o descontentamento da população com os turistas, começamos a retornar a pé para o hostal e aproveitamos para conhecer o centro de Lanquín, que é apenas um vilarejo, fazia calor e comprei um suco para continuar a caminhada até o hostal.
Garrafa pet 300ml. de chá com limão = 10Q$ + – U$1,25

Chegamos ao hostal e descemos em direção ao rio, não entrei porque achei a água muito fria, fiz algumas fotos e fui caminhar um pouco no entorno no hostal, onde há uma vegetação que alberga muitos pássaros e um por do sol maravilhoso.IMG_2513.JPG

Jantamos no restaurante do Hostal Oasis.

Restaurante Hostal Oasis
Combo No.3: hambúrguer + coca + batata = 111 Q$ + –  U$13,87
terça-feira
Após a viagem péssima até Lanquín, expliquei a situação ao gerente do hostal e pedi a ele que intercedesse junto à agência de turismo que nos levaria a Antigua para que nos recolhesse primeiro, não queríamos novamente ir sentadas em bancos adaptados. Fui prontamente atendida, conseguimos lugares mais confortáveis.
Às 8h.AM chegou o Shuttle Semuc Champey x Antigua .
Lanquin x Antigua = 270km.
No trajeto parada para lanche, não anotei o nome da cidade, então não tenho a menor idéia de onde estávamos.
Fresh Bagels
Café e Restaurante


ANTIGUA

IMG_2607.JPG
Fundação
– 1543
População – 34.685 habitantes (2007)
Cidade colonial – uma das cidades coloniais mais bem conservada da América Central. Possui ruas empedradas, belas fontes, obras de arte, cultura, escola de espanhol, artesanato, hotéis restaurantes, visitas aos vulcões Água, Fogo e Acatenango. Antiqua é o principal destino dos turistas que vão à Guatemala, lembra um pouco Cusco no Peru, ou seja, uma cidade histórica com ar cosmopolita. As TVs ficam passando jogos de basquete, futebol americano e futebol!!!
Os preços são um pouco mais elevados do que nas demais cidades do país.

Finalmente chegamos a Antigua, minha segunda viagem a esta cidade maravilhosa, a primeira foi em 2.012, repeti o Hotel Casa Antigua e por coincidência o mesmo quarto. 

 img_2601
Hotel Casa Antigua
quarto triplo – U$76,93 (U$25,65 p/p)
3ra. Calle Poniente, 5 – fone:7832.9090 – 9191 – www.hotelcasa-antigua.com
hostal estilo mochileiro, patrimônio histórico, quartos amplos, 2 minutos a pé até o Parque Central, seguro e tranquilo, perto de tudo,  Wi-Fi e internet, água mineral e café à disposição. Terraço com flores e cadeiras de descanso, informações de viagem, cozinha comunitária, loja, guarda de bagagem, café da manhã não incluído. Pagamento em dinheiro (dólar). Antigua é uma cidade para ser conhecida caminhando, circulando por suas ruas empedradas tem muita coisa para ver.

Jantei no Bourbon em 2012 este local não me deixou uma impressão positiva, mas desta vez tudo foi muito diferente, evitamos as mesas que ficam encostadas na janela e onde invariavelmente algum pedinte vai solicitar sua comida e comprometer seu jantar. O atendimento foi bom assim como a explicação sobre os pratos que pretendíamos comer. A sugestão da limonada com soda foi ceita e não nos arrependemos.

Café Bistrô Bourbon
Prato pedido: concierto de vegetales (Q$88) + limonada c/ soda (Q$20) + ½ championes Paris (Q$27,50) tx = Q$149,05 + – U$18,63 p/p
Calle del Arco, 16 – 5ª. avenida norte – fone: 78323868.

Terminamos o jantar e fomos comer a sobremesa no Café Condessa.

O local tem apenas uma porta de entrada e apesar de pequeno é aconchegante e com bom atendimento, o café expresso é muito bom e as sobremesas fantásticas. Já no restaurante Condessa que fica ao lado o ambiente é amplo, para refeições mais completas. Aberto das 7h.AM às 8h.PM.

Café Condessa Express
Pay de manzana – Q$17 + – U$2,12
5ª. Av. Norte Portal Del Comercio, nº.4, Antigua – fone:502 7832.0038

quarta feira

Saímos para o café da manhã na praça, o El Sol tem uma boa localização e ambiente agradável, com vista para a Plaza Mayor. O local não é muito grande, bom atendimento, wi-fi, vendem guloseimas e café especial em pacotes.

El Sol Café Boutique.

desayuno continental (Q$25) + ½ yogurt com granola (Q$19) =  Q$44,00 + – U$14,67
Saímos pela cidade, Antigua é para ser descoberta caminhando. Fomos ao Mercado, grande área com frutas e verduras em sua parte interna e roupas e calçados na parte externa.

Mercado Central

3ª. Av. 3 Calle Oriente – ao lado do Mercado de Artesanias.

O mercado Central de Antigua é um daqueles locais em que se pode observar e sentir como vive a população, sempre cheio, com muitas cores e aromas e do lado externo estão bancas vendendo roupas, sapatos e utilidades domésticas. Um bom local para adquirir frutas frescas.

Mercado de Artesanias El Carmen
3ª. Av. 3 Calle Oriente – fone: (502) 7832.9655

Pode não ser o mercado de artesanato mais barato de Antigua, mas com certeza é o mais organizado, coberto, sanitário (pago), praça para descanso. Não adianta pesquisar muito, os preços não variam. Conta com 123 lojas de produtos têxteis, jóias de jade e prata. As peças são produzidas por artesãos regionais como Chichicastenando, Solola, Momostenango, e comunidades do Lago Atitlan.

 

Choco Museo.
4ª. Calle Oriente, 14 – fone(502)7832 4520 – www.chocomuseo.com.
Impossível visitar esta atração e não degustar, comprar e levar um pouco da ampla variedade de produtos à base de chocolate. No local está um pequeno museu, para se conhecer um pouco do processo do chocolate a partir do cacau. Se tiver tempo faça um workshop de 2h. e prepare seu chocolate personalizado à partir dos grãos, observação da fabricação de chocolate, cafeteria e uma loja de dar água na boca. Atendimento perfeito.

 
Catedral San José (na Plaza Mayor)
4ª. Avenida Norte e 5ª. Calle Oriente – em frente a Plaza Mayor. fone: + 502 7832 0909
O edifício perdeu muito do esplendor barroco devido a constantes trabalhos de restauração que se seguiu a cada abalo sísmico. Na fachada estão esculturas representando os 12 apóstolos e quatro padres da igreja.  Internamente a atração é para o altar finamente decorado em estuque e nas janelas observam-se escudos.


Plaza Mayor
Segue o modelo de outras praças de colonização espanhola, agradável para descansar nos bancos que ficam sob as árvores e observar os moradores locais, mulheres em trajes típicos vendendo seus artesanatos, músicos, artistas performáticos, muitas crianças. Rodeada por antigas construções coloniais como o Palacio de Los Capitanes Generales, Ayuntamiento, igreja de San José, Palacio Arzobispal, Portal del Comercio (Panaderas). No centro da praça está Fuente de Las Sirenas (fonte das sereias).  Não é recomendado circular pela praça durante a noite por motivo de segurança.

Fuente de las Sirenas (Fonte das Sereias)
Plaza Mayor, centro de Antigua
O Conde de la Gomera, mandou construir para lembrar uma lenda de um rei cujas filhas deram a luz e não quiseram amamentar seus filhos, ele então ordenou que elas fossem amarradas a um tronco no centro de uma nascente, onde morreram de sede e de fome. Assim, na fonte as quatro sereias sustentam em suas mãos seus seios que vertem água e  antigamente supriam a cidade.

  
      Igreja Nuestra Señora de La MercedFinal da 5ª. Av. Norte, passando sob o Arco de Sta. Catalina, cruzando com 1ª. Calle Poiente – http://www.lamerceddeantigua.org
 Uma das melhores atrações de Antigua, com uma linda fachada, no alto está a imagem de São Pedro Nolasco. Construída em 1548, destruída pelo terremoto de 1717, foi reconstruída em 1767 e sobreviveu ao terremoto que veio 6 anos depois. A imagem de Nossa Senhora de La Merced está no nicho central da fachada, tendo ao lado esquerdo São Raimundo Nonato e São Pedro Arinengol. 
Visitas: diariamente das 09hAM às 12hAM e das 15hPM as 18hPM

No jardim que circunda a praça estão várias barracas com frutas frescas já descascadas e prontas para serem consumidas.

Arco de Sta. Catalina
5 Av. Norte e 2 Calle Poniente

O templo e convento foi clausura de monjas por volta de 1647 se estendendo nos dois lados da rua, anos mais tarde foi construído o arco ou ponte, que servia para comunicar o convento com a horta e jardins, sem que as monjas precisassem atravessar a rua, pois viviam em clausura.  A única parte remanescente do antigo e enorme convento St. Catalina é o arco amarelo cartão postal da cidade, nenhum turista passa por ali sem fazer uma foto. Horários recomendáveis para fotos: 10h.AM, ou ao entardecer, com o vulcão Agua ao fundo.

 Terminado nossa visita a Antigua voltamos para a Cidade da Guatemala, pernoitamos e no dia seguinte voltei para o Brasil.
Locais visitados em 2012.
Casa Popenoe
5ª. Calle Oriente, 16 – http://casapopenoe.ufm.edu– fone (502) 2413.3258 
Antiga mansão com pinturas, louças e itens originais desde sua construção em 1636. A antiga cozinha é uma visão fantástica, só ela já é suficiente para que se tenha uma noção do que era este local no período colonial. O bem cuidado jardim é excelente para um passeio. As visitas devem ser de no mínimo 5 pessoas, são guiadas e com agendamento prévio pelo fone:502.2413-3258. As visitas agendadas podem ser de segunda-feira a sexta-feira das 8AM  às 4PM, aos sábados de 8AM a 11AM. Taxa Q$80 = U$10.
Convento de Las Capuchinas
Esquina da 2ª. Avenida Norte e 2ª. Calle Oriente. – fone: 502.7832-0184
Ruínas do maior convento de Antigua, construído em 1736 com o nome de Nuestra Señora del Pilar de Zaragoza. Foi abandonado depois do terremoto de 1773, apesar de ter poucos danos. Em 1940 foi restaurado e aberto ao público. No seu interior há um pátio com arcos que marcam as celas das monjas, em outro pátio também com arcos está uma antiga fonte. Suba ao teto para ter uma linda vista. O pátio de buganvílias floridas proporciona ótimas fotos. Visitas – diariamente 9h.AM ÀS 5h.PM. Tarifas – Q$ 30,00.
Convento de Santa Clara 
2ª. Av. Norte com 6ª. Calle Oriente em frente ao Tanque de la Unión – tel. 832-0184
Fundado pelas monjas clarisas 1699, abrigou aproximadamente 50 delas. Durante um terremoto seu teto desabou, foi reconstruído, um novo terremoto acabou por danificar seriamente as estruturas e o prédio foi abandonado. Visitas –  diariamente  das 09h:00 as 17h:00. Tarifas – Q$30
Iglesia y Convento de La Recolección
1ª.  Calle Poniente na Calle de Recoletos
Apesar da oposição que achou que a cidade já tinha muitos mosteiros, foi construído em 1717 e no mesmo ano destruído por terremoto. Foi reconstruído e novamente ruiu após o terremoto de 1773. Um pouco distante da cidade, mas planeje a visita sem guia para poder usufruir da tranqüilidade do local, as ruínas podem ser percorridas na totalidade, ainda existem esculturas de detalhes de afrescos. O claustro tem um visual bem leve com a implantação de um jardim.  Visita paga.
Igreja de San Francisco El Grande 
Inicio da Calle de los Pasos. – 7 Calle Oriente e 1 Av. Sur.
 Apesar de ter sofrido abalos sísmicos os reparos feitos mantiveram a arquitetura original, seu interior está intacto e missas são celebradas aos domingos. O complexo arquitetônico é cercado por muros, está bem preservado no seu interior estão tendas de doces e quitutes para serem saboreados pelos visitantes, não saia sem experimentar doce de leite e favas salgadas fritas. Pedro de San José de Betancur, Hermano Pedro como é conhecido na Espanha e na Guatemala, foi beatificado em 1980 e canonizado pelo papa João Paulo II, tem sua tumba aqui.
Na entrada uma guia conta a história de Hermano Pedro de San José Bethacourt, nascido em 1626 nas Ilhas Canárias, Espanha. Um jovem missionário que fez muito pela cidade ajudando as pessoas pobres e carentes de Antigua. Foi ele quem construiu o primeiro hospital gratuito para pessoas de baixa renda. Construiu também uma escola, um oratório e a primeira moradia para padres e estudantes religiosos. Hermano Pedro foi canonizado é sua tumba com os restos mortais é muito visitada por fiéis. No local estão também, roupas e acessórios de Hermano Pedro. O andar superior oferece uma vista linda especialmente de vulcões.
Visitas – Diariamente das 09h:00 às 17h:00. Tarifas – Q$3
 

Cerro de La Cruz
Vista panorâmica
Um mirante no alto de uma montanha de onde é possível avistar toda a cidade de Antigua e um dos lugares preferidos para fotos com o vulcão ao fundo. A caminhada é suave e com muito verde para ser observado, além disso, alguns artistas deixam seus trabalhos expostos para serem observados. Caso preferir não ir caminhando não é difícil conseguir um tuk tuk até o alto.

Casa delJade
4ª. Calle Oriente, 10 – Edificio El Jaulón – fone (502)79325701
Passeio contratado com guias locais para conhecer o processo de desenho e lapidação da pedra, cores: negra, branca (algumas com nuances roxas), verde clara e escura. Os maias já faziam uso do jade para fabricar seus ornamentos: adornos para cabelo, brincos, pulseiras, tornozeleiras e colares. A visita ao museu inclui reproduções de peças antigas de jade feitas na Mesoamérica. Uma oficina envidraçada permite ao visitante observar os artesões trabalhando com corte e polimento de jóias. Na loja os preços são bastante variáveis, as peças são em desenho tradicional, nada muito moderno.
Museo de Arte Colonial
Sobreviveu aos diversos terremotos, tem uma coleção vasta de obras e esculturas do séc.17, basicamente um museu de arte católica, está mal cuidado luz insuficiente para que se possa observar melhor, obras sem expressão e descuidadas.  Só vale pela arquitetura, mas não o suficiente para se pagar 70 quetzal.
Localização – Calle de La Universidad e 4 Av. Sur
Visitas – terça a sexta das 09h:00 às 16h:00; sábado e domingo das 09h:00 às 12h:00.  tel. 832-0429
Tarifas – Q$70
Palácio de los Capitanes – Palacio de los Capitanes generales 
Embora não tenha sido totalmente restaurado, é facilmente reconhecível.
Localização – 5 Calle Poniente.
Palacio del Ayuntamiento Localização – 4ª.  Calle Poniente – em frente a Plaza Mayor, tel. 832-5511.
Possui arcos e grossas colunas de apoio que resistiram aos terremotos. O corredor externo é dotado de bancos onde a população aprecia sentar-se para observar a praça e ao longe o vulcão Hunapú. Devido sua estrutura forte já foi utilizado como cárcere e atualmente é sede dos escritórios municipais e do Museo del Libro Antiguo e Museo de Armas.
Visitas – terça a sexta das 09h:00 às 16h:00; sábado e domingo das 09h:00 às 12h:00 e das 14h:00 às 16h:00. Tarifas – Q$10
Igreja da Compañía de Jesus 
Localização – 4a. Calle Poniente y 6a. Avenida Norte
Da antiga igreja resta apenas a fachada que resistiu ao terremoto. Trata-se de um conjunto de igreja e colégio, mas a fachada é sem dúvida a parte mais interessante da igreja fundada por freis da Companhia de Jesus, sofreu modificações no decorrer do tempo. Possui um átrio largo de onde é possível fazer fotos de vários ângulos.

Casa Santo Domingo (hotel Spa)

3ª. calle Oriente, Calle de Santo Domingo


Na verdade um belo hotel spa, onde tem também  restaurante,  bar,  igreja, convento dominicano, cinco museus (colonial, arte sacra, arte contemporânea, farmácia e da prata), e duas fábricas, sendo uma de chocolate e a outra de barro e vela.  Limpo, charmoso e organizado.


Restaurante Mama’s – $$
Aberto das 11h.am às 9h.pm
Aconchegante, boa comida. Para o jantar o cardápio oferece carnes e pastas, assim como o filé de Mero com mariscos em molho de jerez, acompanhados de legumes e purê de batatas. Durante o dia oferece o melhor café frio de Antigua. Prove também o exótico sabor da Rosa da Jamaica, hamburguesas diferenciadas e como sobremesa doces finos e o imperdível bolo de chocolate, banana e coco.
Pollo Campero – $
4ª. Calle Poente com Alameda de Santa Lúcia, em frente ao Local Marketing
Saboroso em se tratando de fast food. Serviço ágil, atendimento gentil. O cardápio é bem abrangente vai desde pratos tradicionais aos lanches, saladas, café da manhã. Atende a todos os paladares e bolsos. Pedi um Tazón Campero: arroz, feijão milho, queijo, alface, abacate, frango crocante, abacate. Foi tão completo que não consegui comer sobremesa.
Café Barista
5a Avenida Norte 4 – cafebarista.com. gt.
Local com decoração agradável, muito bem localizado, ideal para várias paradas durante as visitas as atrações que ficam no centro da cidade. Servem comida rápida, mas esta cadeia é especializada em café e isto eles fazem com carinho e grande conhecimento e a degustação deste bom café pode ser feita tranquilamente em serviço de mesas. Os atendentes são muito atenciosos com os clientes.
Almacen Troccoli




O local é completo: restaurante, lanchonete, bar e loja de conveniência. A decoração é surpreendente e diferente em cada cômodo, em um deles foi montada uma loja com antiguidades, as paredes são repletas de prateleiras com variadas bebidas, boa variedade de vinhos e licores. A comida é excelente, mas prefira as massas porque o restaurante é especializado em comida italiana. Não deixe de levar a máquina fotográfica. Sugestão: Pasta ao molho de camarão.

terminado nossa visita a Antigua voltamos para a Cidade da Guatemala, pernoitamos e no dia seguinte voltei para o Brasil.









Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s