Huacachina

Atualizado 2020, valores podem ter sofrido alterações

OÁSIS DE HUACACHINA

Top-029 (2)Ica
População – 200 habitantes.
Distância de Lima – 290 km., 5h. de ônibus.
Distância de Ica – 3km., 15 minutos de táxi
Distância de Nazca – 150km. (leia o Diário de Bordo)
Este oásis foi formado graças a uma corrente subterrânea de água que gerou o crescimento de palmeiras, eucaliptos e alfarrobeiras em meio ao Deserto da Ica. O local é pequeno, mas tem um clima agradável, pessoas amigáveis e um pôr do sol de calendário. É o único oásis natural da América do Sul e possui uma das maiores dunas de areia do continente. O calor é escaldante e a água da lagoa é impropria para banhos. Reduto de mochileiro e adeptos de passeios de bugies alinhados com sandboard.

A lenda de Huacachina
Diz uma das lenda que a jovem Huacachina lamentando a morte de seu guerreiro chorou sobre o local por vários dias até que se formou o lago, ao sentir-se observada por outro guerreiro jogou-se no lago e quando tentou sair não conseguiu e se transformou em uma sereia. Dizem que em noite de lua cheia ela retorna chorando a morte de seu amado.

Como chegar a Huacachina
Avião? – não tem aeroporto na cidade mais próxima que é Ica. 
Saindo de Lima
Ônibus Peru Hop Bus – faz direto de Lima para Huacachina.

Ônibus Cruz del Sur – confortável, seguro, faz paradas.
Ônibus público – leva cerca de 5h., não é recomendado por pegar passageiros ao longo da estrada, sem identificação, não é seguro. Este ônibus vai até Ica, lá é necessário tomar um táxi até Huacachina, preço médio de S/10 (U$3).
No terminal rodoviário de Ica vários taxistas esperam os turistas para levar até Huacachina.
Top-029Saindo de Nazca (nosso roteiro até Ica)
Fomos em um dodge coletivo, tem vários esperando lotação (lotação mesmo!), na saída de Nazca, são 2h. de viagem outra opção é tomar um táxi.

Onde ficar em Huacachina
Ica tem mais opções, mas em Huacachina o turista encontra hostais baratos e hotéis bem estruturados em meio às dunas.

Hospedaje Del Barco (ficamos aqui)
Localização – Camino a la Huacachina
A hospedagem fica no centro da cidade com muito barulho a noite. A hospedagem não é das melhores, muito simples e a limpeza poderia ser melhor. No hotel já podem ser contratados passeios pelas dunas. Sem reserva não tivemos outra opção, atendimento bom.

13606870_332932277038866_8134995356491784894_n-001Onde comer em Huacachina
A comida em Huacachina não é cara, se você não fizer questão de refeições em estilo gourmet não vai gastar muito.
Resto Bar La Sirena – $ (fizemos refeições nesse local).

Restaurante Mango
Helena Chocolate y Tejas
Restaurante e Pizzeria Venezia
Restaurante Mc Grill

O que fazer em Huacachina
Sandboard

Top-028Inegavelmente a atividade mais popular em Huacachina: passeio de buggy pelas dunas seguido de sandboard. Não é necessário fazer reserva, no calçadão há várias agências de turismo, os carros são adaptados para levar 12 pessoas nesta aventura. O passeio começa com o buggy subindo e descendo as dunas em alta velocidade, depois acontece o sandbord (resumindo: um snowbord na areia), não se preocupe com sua falta de equilíbrio, você poderá ir em pé, sentado ou deitado como em um trenó, não requer muita habilidade, apenas aproveite e deslize por dunas de até 30m. de altura. Prefira fazer o passeio das 16h. para aproveitar o magnífico por do sol.
Top-027Período do passeio – pela manhã às 10h. e a tarde às 16h.
Quanto custa – para um bom passeio S/98 (U$32), tem também uma taxa de S/3,60 (U$1,) para entrar nas dunas. São oferecidas duas formas de passeio: Dune Buggy e Sandboarding Tour.
Top-026Dicas
Não use chinelo a areia é fofa e muito quente;

Leve óculos de sol, a claridade é forte;
Preferencialmente bermuda, os shorts são curtos e a areia gruda nas pernas e fica raspando;
Protetor solar é indispensável;
Pergunte se a agência vai fornecer água durante o passeio, se não for leve sua água.

Diário de Bordo – nosso tour começou às 16h. sandboard. Nos acomodamos na frente, ao lado do motorista e logo sentimos que Huacachina não é só um local de descanso, mas local de muita adrenalina, um sobe e desce constante pelas dunas em mais de 2 h. de passeio incluindo descidas radicais em pranchas de Sandboard. Terminando com um espetacular por do sol entre as dunas. Voltamos para o hotel simplesmente encantadas com nosso dia, tão diferente de tudo que já havíamos feito até então.Top-030

O que fazer à noite em Huacachina
Não há muito o que fazer, a maioria dos locais fecha às 22h.30, muitas pessoas sobem as dunas a noite para fotografar a lagoa, leve uma lanterna para a volta. Se quiser aproveitar um pouco mais vá até Ica que é mais movimentado.

O que  fazer em Ica

Ica está a 3km. de Huacachina, oferece algumas opções de passeios, você pode tomar um táxi ou contratar um tour e inclusive conhecer algumas bodegas.

Pueblo de Cachiche
Distância de Ica – 4km.
Diário de Bordo – fomos com um táxi, ao chegar o perguntou se queríamos parar na Praça das Bruxas, achamos emocionante e concordamos.
Plaza de las Bruxas

1200px-ESTATUA_DE_LA_BRUJA_DE_CACHICHE
No local se reuniam bruxas da região às terças e sextas feiras para realizar seus rituais. Uma das bruxas mais famosas foi Julia Nazaria Hernández Pecho, ficou conhecida por ter curado a gagueira Fernando León de Vivero, que mais tarde se tornou presidente da Câmara dos Deputados. Para mostrar sua gratidão ele mandou erigir uma estátua em forma de mulher com as mãos estendidas em forma de V com uma coruja que significa sabedoria, inteligência e a caveira do mal e feitiçaria, a peça foi esculpida em uma única árvore de huarango. Em 1987 aos 106 anos a bruxa Julia morreu de parada cardíaca. Ainda, de frente para o fundo está uma raiz de palmeira em forma de urso, mas se você olhar do outro lado tem a forma de um elefante. Isso é Cachiche!
Diário de Bordo – A tal Plaza na ocasião tinha um aspecto descuidado com muita areia, árvores secas, bancos quebrados. Descemos do carro e ficamos olhando tudo aquilo. Era só isso? Pelo lado direito saia uma estrada arenosa que provavelmente iria até centro do povoado, pois vimos a torre da igreja. O sol estava forte, fomos andando até o centro, logo passou um táxi com duas passageiras, completamos a lotação e o taxista nos levou de volta até Ica. Conseguimos um mapa e fomos procurar as Tejas Rosalia.

tejas rosaliaTejas Rosalia em Ica
Localização – Calle Ayacucho,309, Av. San Martín 1265.
Local de uma das mais tradicionais tejas (bombons recheados), são pioneiros em tejas artesanais desde 1932.

Diário de Bordo – Não é muito central, já estava quase desistindo quando avistamos o local, a princípio achei que estávamos no endereço errado, era uma pequena porta, balcão antigo de madeira, tímidas prateleiras na parede, mas lá estavam as desejadas tejas, na parede fotos de Dona Rosalia, perto de seus 100 anos. Experimentamos uma pequena teja, manjar dos deuses, quando dissemos que éramos do Brasil, nos ofereceu uma feita de coco, mas gostamos mesmo foi da primeira, pecã glassada. Resolvemos almoçar em Ica, o restaurante Bruxas de Cachiche nos pareceu pitoresco.

 Restaurante Bruxas de Cachiche em Ica
Diário de Bordo – Nova decepção, as Bruxas de Cachiche realmente não estavam a nosso favor, os dois primeiros pratos escolhidos no cardápio estavam em falta, acabamos pedindo alguma coisa básica para comer .

Bodega Vista Alegre – IcaTop-033
LocalizaçãoVictor Manuel Bernales 467,
Horário Atendimento – a partir das 10h.
Os irmãos Picasso chegaram da Itália em 1850 plantaram os  vinhedos e deram início ao vinho fino no Peru. Os vinhedos ocupam 180 hectares. Hoje a Bodega está na 4ª. geração, acompanha por técnicos que se especializaram na Itália, França e Argentina.
Diário de Bordo – Chegamos às 10h.30., eles não cobram ingresso, mas esperam que você adquira algum produto. Atualmente os vinhos são feitos principalmente com uvas Tempranillo, Malbec, Pinot, conhecemos o sistema de moagem, filtração e envelhecimento dos vinhos assim como o processo de fabricação da Cachina e Pisco. Na degustação, o vinho Borgonha foi o que mais nos agradou. Compramos apenas uma sangria, embaladas em caixas tipo tetra pack, com nossas mochilas seria impossível trazer garrafas.

Bodega El Catador – Ica
04
LocalizaçãoFundo Tres Esquinas # 102.
Bodega artesanal El Catador pertence a família Carrasco Gonzáles, que utiliza pequenos alambiques de barro para envelhecimento do vinho, o mosto da uva é destilado à base de lenha. Exibem um agradável restaurante e adega para degustação.
Diário de Bordo – Aqui também ficamos só na degustação. Produzem também sucos, geleias e picles. O passeio terminou às 12h.

NAZCA x ICA x HUACACHINA
Diário de Bordo – Fomos até Ica em um táxi coletivo, um Dodge antigo dirigido por um senhor com mais de 70 anos dirigindo em alta velocidade, não parou nem quando o guarda sinalizou. Ele nos deixou no centro de Ica, entramos em uma lanchonete para nos orientar de como chegar a Huacachina. Um taxista propôs S/10 (U$2,80), não tínhamos rodado nem 100m. quando a Paula percebeu que havia deixado os óculos de grau na lanchonete. Desesperou! Disse para o motorista que precisava voltar, ele disse que teria de acrescentar S/5, ameaçamos descer do táxi, o tal indivíduo tinha a maior cara de safado, disse para ficarmos que cobraria S/12 no total, os óculos estavam no chão da mesa aonde estivéramos. Descemos do táxi em Huacachina e logo um Agente de Turismo se aproximou, informou preços de passeios e nos indicou um hostal, era muito alternativo e caro mas, o tal “acompanhante” insistia, já queria levar nossa bagagem para o quarto, dissemos que iríamos ficar ali, mas que iríamos caminhar um pouco, ele conversou com o gerente do hotel e foi embora. Assim que nos vimos livre dele saímos à procura de outro local, o hotel Hospedaje Del Barco, em frente ao calçadão da lagoa, nos ofereceu um quarto nos fundos, com banho compartilhado, já deixamos combinado com a Buggy Adventure o passeio do dia seguinte, à tarde.
Acomodamos nossas coisas, tomamos banho, fomos caminhar em torno da lagoa, visual muito diferente, impossível imaginar um local daqueles ao lado de uma cidade como Ica. Gente jovem, uma verdadeira cidade balneário, povo simpático e alegre. Jantamos no Restaurante Sirena, S$40 (U$11).

HUACACHINA  x PISCO
Diário de Bordo – Acordamos cedo, tomamos um desayuno, foi o primeiro e último lugar que pedi café puro, consiste em uma caneca de água quente, cheia até a borda e um mísero envelope de café solúvel. Era muito cedo para o passeio pelas bodegas, ficamos tomando sol e esperando a hora passar. Às 9h.fomos para o ponto de táxi pesquisar preços, S/40 (U$12), para visitar 2 Bodegas: uma moderna e uma tradicional, em ambas o passeio é guiado e tem uma taxa de ingresso.

Depois da visita as bodegas pedimos ao taxista/guia que nos deixasse no terminal de ônibus, nosso próximo destino PISCO, 66km. de Ica., nosso ônibus saiu às 13h.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s