Symi

SYMI – ANTIGA ILHA DAS ESPONJAS IMG_2461

Localização – 40km. de Rhodes.
Área – 57,86 km².
Origem do nome – Symi, Syme ou Simi, (Σύμη). O nome Symi é o nome de uma das esposas de Poseidon, a ninfa Sime. O nome foi atribuído pela filha de Ialiso, o primeiro habitante da ilha, junto com o filho de Poseidon de nome Ctonio.
Alta temporada – maio a outubro.
Como chegar ao Porto de Gialos ou Yalos – excursão de 1 dia saindo de Rhodes, ou por conta própria em ferry.
O ferry que faz a rota para Symi é o Panagia Skiadeni da Dodekanisos Seaways (exceto quarta-feira), o passeio de um dia, com parada em Panormiti e retorno a Rodes no final da tarde, custa €15, comprada no quiosque do Porto de Mandráki, nas agências vai custar €22.
Symi pode ser acessada através de várias ilhas, por Rhodes há um ferry que faz parada de uma hora no Mosteiro do Arcanjo Miguel (Moni Taxiárchi Michail), em Panormitis (que guarda um sino de prata em estilo barroco rococó e pesa toneladas, além de ser o mais bonito do mar Egeu), antes de seguir para o porto de Gialos em SymiIMG_7921Verifique os dias e horários, principalmente na baixa temporada, alguma ilha tem dias específicos para os ferrys ir e vir do Porto de Gialos. A viagem sem o Monastério dura cerca de 1 hora.
O porto da ilha de Symi se chama Gialos e subindo as escadarias o cenário é de uma herança de arquitetura romana e turca. A ilha foi muito produtiva com a indústria naval, esponjas até artigos de couro, em seu apogeu contava com 22.500 habitantes, atualmente conta com 2.500 habitantes que vivem principalmente do turismo.
Ultimamente se tornou ponto de visita de famosos, seus restaurantes e hospedagens são de alta qualidade, mas os preços não são abusivos.
A pequena ilha do Dedocaneso tem um relevo montanhoso nas várias localidades que incluem praias, história e mitologia. IMG_7926.JPG

Como chegamos – por conta própria em ferry, para melhor aproveitar a ilha ficamos 2 dias.
Diário de Bordo – Não se engane achando que todas aquelas esponjas que são vendidas nas bancas foram retiradas dali, elas foram importadas. Também não se engane (eu me enganei), eles vendem as esponjas úmidas, então, parece que são grandes e quando secam ficam minúsculas.IMG_2435.JPGSymi se tornou um lugar procurado por famosos, por isso se hospedar no Porto de Gialos fica caro, optamos por um apartamento – na verdade um quarto adaptado – em uma casa bem no alto da cidade. Chegamos já era noite, conseguimos um transfer, o motorista não conhecia o endereço e levamos tempo para localizar a casa, não tinha nome na rua nem número. Sobre as acomodações descrevo mais abaixo (Symi Sun). Durante os 2 dias que estivemos ali descíamos sempre a pé, mas voltávamos de ônibus. As melhores praias de Symi são acessadas por barco, mas aqui nossa opção foi curtir a cultura, comida, arquitetura, enfim….. espairecer.

O QUE VER EM SYMI 

IMG_7918 É dividida em Yalo ou Eyalo (parte baixa), e Hória ou Jóra (parte acima), mas em toda ela tem casas muito bem preservadas mantendo características neoclássicas do séc. XIX. Estar em Symi já é o suficiente, as casinhas encravadas na encosta dos morros, parecem todas recém pintadas em tons pastéis, jardineiras bem cuidadas, pessoas hospitaleiras e muita, muita subida.IMG_7928

Não é necessário dizer muito sobre Symi, é o local ideal para uma parada estratégica de descanso, o local ainda não foi invadido pelo turismo de massa.
Symi foi considerada pelo The Rough Guide to the Greek Island como um dos 10 melhores locais a ser visitado entre as Ilhas Gregas.
IMG_2438
Torre do Relógio 
No cais do  Porto de Yalos, construída em 1881.

Museu Arqueológico e Folclorico de Symi
Uma antiga e tradicional casa acomoda móveis, objetos de arte, tear, barris, vasos de barro, roupas tradicionais dos antigos moradores da ilha. Há uma grande coleção de miniaturas de barcos e uma interessante coleção de vassouras decoradas.

Mosteiro Arcanjo Miguel Panormitis. IMG_7937.JPG Uma das maravilhas do Egeu, monastério ortodoxo construído no séc. VI, restaurado no séc. XVIII, externamente mostra sino e torre que imita a de Izmir na Turquia. O mosteiro alberga uma das maiores efígies do Arcanjo que existem no mundo, com três metros de altura. Local místico de peregrinação de marinheiros, segundo a lenda a imagem teria sido levada diversas vezes para a capital, mas misteriosamente retornava ao seu local. O mosteiro é habitado e acomoda até 500 peregrinos que geralmente levam seus ex votos que ficam abrigados em uma sala.
IMG_2398

 

Kali Strata – Caminho Bonito.
Através de quase 500 degraus levam o turista da cidade baixa para a alta. Local pitoresco com igrejas, ruelas sem saída, praças, acanhados comércios.

 

Castelo dos Cavaleiros
A partir de 1.309 aqui desembarcaram os Cavaleiros Hospitalares e começaram a construir o castelo em estilo bizantino, reforçado em 1507 por um bastião circular.

Igreja de Megali Panayá;
Fortaleza de Jachiagapitó;
Aldeia de Panormitis;
Aldeia de Emporios/Emborion;
Aldeia de Pedi e Praia – Está a 2km. (barco), de Symi. Praia e restos de uma floresta petrificada e de uma basílica cristã.

IMG_2407

Praia em Yalo
A praia do centro da cidade é acanhada, estreita, com guarda-sóis e cadeiras que podem ser alugados. O mar é tranquilo, um ótimo lugar para pedir um drinque no bar anexo ou comprar algum petisco no mercado ao fundo

 

Praia Nos
Próximo a vila Pedi tem solo pedregoso, portanto leve sapatilha. Acesso a pé, táxi ou ônibus.         

Praia Marathounta
Enseada de águas cristalinas;
Praia de Agios Georgios Dysalona
No alto do penhasco há uma pequena igreja;
Praia Maroni
Nela há uma ilhota com uma capela.

ONDE FICAR EM SYMY

Symi Sun Apartaments 62b-003
Local bastante tranqüilo na parte alta da cidade, um tanto difícil de achar se você chegar à noite. Uma casa bastante simples que foi adaptada (quase um Studio), o quarto fica aonde seria a sala, são duas camas, mesa pequena com cadeiras, um aparador com uma TV (não tela plana), ar condicionado, roupa de cama e toalha um pouco gasta, mas limpa, varanda agradável com vista para a cidade baixa, wi fi. Cozinha com geladeira, fogão, microondas e alguns utensílios de cozinha. O armário do quarto não foi possível utilizar, estava com pertences talvez do proprietário e cheirando a mofo, então nem abrimos.

ONDE COMER EM SYMI62b-004
Os restaurantes e lanchonetes que atendem a maioria dos turistas estão em todo o cais, não variam muito o cardápio, o carro chefe é o sanduíche grego, em suas várias montagens e variações de carne. Aqui sem dúvida é o melhor espaço para se degustar um vinho, passar o tempo e comer algum prato a base de frutos do mar, ou o tradicional gyros.
Diário de Bordo – O sanduíche grego em alguns locais da Grécia perdeu bastante em autenticidade, ainda são feitos nos roletes, mas servidos no prato acompanhado de salada, pão sírio e fritas.

Alguns valores de referênciaIMG_2418
Suco romã em caixa 2,20 euros
Gyros chicken (no prato) 8,50 euros
Symi Sun Apartaments – 38,00 euros (p/ 2 pax)
Ônibus urbano –  1,70 euros
Sorvete 1 bola – 2,00 euros
Locação cadeira praia – 4,00 euros
Croissant – 1,70 euros
Água – 1,00 euro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s